sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Velha vida surrada de palhaço


Queria poder alçar altos vôos
Sem me preocupar com o que está em baixo
Ou mesmo com aquelas coisas aqui ao lado
Preocupação, solidão, a tensa vida de cão.

E ainda sem saber para onde vou
Andando a procurar um lugar que me encaixo
Como peça do quebra-cabeça inacabado
Espalhado aos olhos de todos nesse frio chão.

Não conheço o que realmente sou
Virtudes ou qualidades não existem aqui, eu acho
E contra os ventos frios da vida tenho andado
E nos finalmente parece que cheguei ao porão.

E olho para trás e não sei o que ficou
Se vivi ou se morri, não vi nenhum despacho
Como se a vida fosse decidida no velho dado
Que ao cair se perde de nossos olhos na escuridão.

Mas ao olhar para frente algo clareou
Das mágoas e temores acabou o dolorido inchaço
Sentindo o frescor de vitória e dar um brado
E acabar com a tenebrosa e dilacerante solidão.

Deixo para trás a antiga dor que lá ficou
E saio dessa velha vida surrada de palhaço
Que batalhou o bom combate sempre baqueado
No picadeiro da vida, nessa grande imensidão.

Não carrego comigo aquilo que já passou
O velho palhaço que tem o velho peito em aço
Com a ferrugem no braço pouco bronzeado
A alegre certeza que toda a batalha não foi em vão.

Não fui o triste palhaço lutador que ganhou
Mas aquele que segue em frente, com firme passo
Um por um, tendo a certeza que tenho sempre amado
E o outro Vencedor me estendeu Sua forte mão.

8 comentários:

Lays Martins disse...

Estou gostando do Blog, continua assim! :)

Márcia Gabriella disse...

"Como peça inacabada do quebra-cabeça"
Mto boa a poesia. Essa Poesia na vdd é um retrato do que acontece no interior de todos nós... ;)

Alline Stefanny disse...

"Deixo para trás a antiga dor que lá ficou
E saio dessa velha vida surrada de palhaço
Que batalhou o bom combate sempre baqueado
No picadeiro da vida, nessa grande imensidão".
muito linda a poesia *---*

Márcia Gabriella disse...

Esqueci de colocar no comentario anterior... A imagem do palhaço... É magnifica!
Tá na hora de postar um novo texto rsrs vamo trabalharr Isaqueeeeeeee aushaushauahsuah =D

Juliana disse...

geeente, eu amo essa poesia Isaque..
tenho ela aqui no meu pc.. lembra? rs

parabéns *o*

Isaque Vitor disse...

Em breve Márcia... vamos com calma ta?! rsrs
Tanta cobrança, assim você me acaba =D
E Ju, também sou fã dessa poesia... não foi porque foi eu quem a fiz, mas gosto muito dela...
Obrigado pelos comentários

Márcia Gabriella disse...

Não é cobrança meu bem, é incentivo ;)
pra que vc não pare nunca.

Sorry!!!
Pelo exagero =D

Isaque Vitor disse...

Sem problemas...
É que também blog pessoal a gente tem que ser mais seleto. E você como ninguém conhece minhas poesias... Não são todas que posso postar aqui.
E não é exagero, tem que cobrar mesmo, sou muito descansado rsrs
Abraços e xeruuus =D
(L)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...